Limonada no Twitter

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Atrás do Palco: Serginho Meriti.





 Sérgio Roberto Serafim,  (que coincidência, não?rs) grande compositor de sambas, nasceu em Madureira, mas foi criado em São João de Meriti, onde foi rebatizado Serginho Meriti, apelido que o consagrou. Suas composições mais conhecidas assim como parceiros são: Neguinho poeta (c/ Bebeto e Carlinhos PQD). Quando eu contar - Iaiá (c/ Beto Sem Braço), Interpretada por Zeca Pagodinho no ano 1986,  Em 1992, Zeca Pagodinho intrerpretou o sucesso de sua autoria, Vê se me erra (c/ Carlos Senna e Octacílio da Mangueira), No ano de 2001, sua composição Da música, em parceria com Cacá Franklin, foi gravada no CD "Ao Vivo de Arlindo Cruz & Sombrinha", outras composições conhecidas do público são:  Despensa vazia (Zeca Pagodinho), Choro de alegria (Exaltasamba), Mapa da mina (Fundo de Quintal), Lua nova (Bebeto) e Voltando pra casa (Cidade Negra) Negra Ângela (Neguinho da Beija flor)

O Ano de 2002 deve ter sido o melhor ano na vida profissional de Serginho Meriti, naquele ano a sua composição Deixa a vida me levar, em parceria com Eri do Cais, deu título ao disco de Zeca Pagodinho. O sucesso foi tão grande que acabou sendo uma das músicas mais cantadas, em público, por jogadores da seleção brasileira que conquistou o penta-campeonato de futebol. Neste mesmo ano, ao lado de vários artistas, entre eles, Almir Guinéto, Arlindo Cruz, Bandeira Brasil, Deni de Lima, Ivan Milanez, Marquinhos China, Ircea Pagodinho e Maurição, fez o show-homenagem "Bum-bum-baticum-Beto", tributo ao compositor Beto Sem Braço no Bar Supimpa, na Lapa, Rio de Janeiro. Ainda em 2002, o grupo Pique Novo no disco "Ao Vivo 10 Anos" (Sony Music) incluiu de sua autoria "É tanta", parceria com Cacá Franklin. Foi o único convidado a se apresentar ao lado de Zeca Pagodinho no show de lançamento do disco "Deixa a vida me levar", no ATL HALL, no Rio de Janeiro. Na ocasião interpretou de sua autoria "Negra Ângela" (antigo sucesso na voz de Neguinho da Beija-Flor) e "Rosalina". Ainda neste ano de 2002, a convite do grupo Dobrando a Esquina, apresentou-se com o grupo no bar Carioca da Gema, também no Rio de Janeiro.
Zeca e Serginho, no Ensaio da Mangueira.

Em 2003 recebeu o prêmio de "Melhor Canção Popular" pela composição "Deixa a vida me levar" (c/ Eri do Cais), do "Prêmio Tim de Música", no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Apresentou-se em diversos programas de televisão, entr eles "Sem Censura" da TV Educativa e ainda em shows e projetos como "Projeto Brincando de Roda" (Escola Elias Brito em Mesquita) e no show "Nós no samba", no Teatro Mário Lago, em Vila Kennedy. Neste mesmo ano de 2003 Zeca Pagodinho lançou o CD "Zeca Pagodinho Acústico MTV", no qual regravou de sua autoria Quando eu te contar (YaYá) (c/ Beto Sem Braço) e incluiu a inédita, também de sua autoria, Lá vai marola.

Discografia

  • (2005) A luz do nosso povo • Astral Music • CD
  • (1996) Serginho Meriti • Velas • CD
  • (1984) Bem natural • PolyGram • LP
  • (1982) Vida tão bela menina • PolyGram • LP
  • (1981) Bons momentos • PolyGram • LP



Enfim, esse é mais um  grande nome 'Atrás do palco'


Deixa a vida me Levar.








Fonte de Pesquisa: Dicionário Cravo e albim de música popular Brasileira.

2 comentários:

Rafhael Vaz disse...

Grande Isaac!!!

Bacana teu blog, tem tudo a ver. Tá adicionado!!

Abração!

Zac Ramos disse...

Vlw meu camarada! abração!